• Início
  • Blog
  • Entrega de combustível a domicílio: como funciona o abastecimento de óleo diesel em obras?

Entrega de combustível a domicílio: como funciona o abastecimento de óleo diesel em obras?

É comum o deslocamento até postos de gasolina para abastecer veículos, no entanto, essa modalidade não é capaz de atender outros serviços e equipamentos que dependem de diesel para manterem seu funcionamento, a entrega de combustível a domicilio é uma alternativa.

Nesse sentido, uma distribuidora de óleo diesel atende clientes de diversos setores a partir de veículos autorizados, garantindo a entrega de combustível a domicílio nos mais variados ambientes e serviços.

Alguns destes segmentos de mercado movimentam um expressivo volume de óleo diesel, como a construção civil. Saiba como funciona o abastecimento de óleo diesel em obras.

A distribuição de óleo diesel

Combustíveis derivados do petróleo, por serem líquidos inflamáveis e poluentes, devem ser transportados e armazenados de forma adequada. Como essa atividade é naturalmente de risco, o transporte de combustível deve oferecer segurança para colaboradores, clientes e o meio ambiente. Por esse motivo, no Brasil, a distribuição de óleo diesel é regulamentada por entidades ambientais e pela Agência Nacional de Petróleo (ANP).

Para realizar o abastecimento em obras da construção civil a escolha mais adequada a ser feita é contratar um transportador-Revendedor-Retalhista (TRR), que é a empresa autorizada pela ANP para “adquirir em grande quantidade combustível a granel, óleo lubrificante acabado e graxa envasados para depois vender a retalhos”. O fornecimento de combustível é realizado por meio de veículos especializados e de equipe treinada para garantir o abastecimento seguro de seus maquinários.

Tipos de abastecimento na construção civil

A entrega de combustível na construção civil pode ocorrer de duas maneiras, seja ela de forma fracionada ou através da instalação de tanques no local. Apesar das diferenças, ambas as formas garantem o suprimento de óleo diesel, mas características da obra definem qual maneira é a mais adequada.

O abastecimento de forma fracionada, é bastante utilizado em obras pequenas ou de curta duração, que demandam um volume de combustível não muito grande. Neste modelo maquinários e geradores são carregados diretamente pelo caminhão tanque, ou seja, a distribuidora de óleo diesel vai até o local da construção civil e através dos veículos que possuem bico de suprimento e contador de volumes é realizado o fornecimento. O abastecimento fracionado é também utilizado quando, por questões regimentais e/ou ambientais, não é possível instalar um tanque no local da obra.

Obras grandes ou de maior tempo de duração em que há um grande consumo de óleo diesel, optam pela instalação de tanques estacionários, que funcionam como um ponto de abastecimento na construção.A distribuidora de óleo diesel faz a entrega de uma carga fechada e os tanques ficam disponíveis para realizar o suprimento de maquinários e geradores do local em qualquer momento, através do bico de abastecimento e contador de volumes que possuem.

Tanques aéreos (acima do solo) ou subterrâneos tem como objetivo armazenagem de líquidos inflamáveis e combustíveis e devem seguir a NBR 7505-1, norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), além de disponibilizar o acesso rápido a distribuição de óleo diesel, facilitando inspeções de monitoramento contra vazamentos e corrosão.

Armazenagem do óleo diesel

Quando se adquire grandes quantidades de óleo diesel que serão utilizados para os maquinários da obra, seja de forma fracionada ou fechada por meio dos tanques estacionários, é necessário ter um conhecimento a respeito do manuseio e armazenagem do combustível.

Embora na construção civil o óleo diesel seja um produto que não permanece ocioso por muito tempo, devido ao nível de consumo, maus cuidados com manuseio e armazenagem aumentam os riscos de explosão e contaminação do solo e afluentes. No caso do uso de tanques estacionários nas obras alguns cuidados devem ser tomados, são eles:

  • Instalação adequada: tanques estacionários aéreos ou subterrâneos devem estar protegidos de luz e de temperaturas extremas, assim é evitada a oxidação do combustível.

  • Limpeza em dia: o tanque de combustível deve ser limpo com frequência, evitando o acúmulo de sujeiras e a incorporação de contaminantes que possam comprometer as bombas, filtros e tubulações.

  • Renovação do combustível: é ideal garantir a contínua renovação do óleo diesel para limitar a presença de combustível envelhecido. Por outro lado, se o nível estiver baixo pode haver a presença de ar dentro do tanque, fazendo com que a reposição seja uma medida fundamental para garantir a qualidade do óleo diesel.

Entre as empresas que mais utilizam o suprimento de óleo diesel a construção civil está entre elas, no entanto, atividades de abastecimento e armazenamento de combustível podem causar alguns impactos bastante nocivos ao meio ambiente (contaminação do solo, de aquíferos, entre outros) e a quem tem contato direto com os combustíveis derivados de petróleo.

Por esse motivo, a atividade deve ser realizada por empresas autorizadas a fazer o transporte de combustível. Além de ter como vantagem a entrega a domicílio, as distribuidoras de óleo diesel possuem veículos com bico de abastecimento, contador de volumes e mangueira com grande extensão, permitindo atender qualquer volume, mesmo que fracionado, nas mais difíceis localidades de entrega.

Ver Comentários
PREENCHA OS DADOS ABAIXO
PARA SOLICITAR SEU ORÇAMENTO